Monthly Archives: February 2013

… Daí que eu fui na National Gallery.

Image

 

Eu fiquei sabendo que tem muitas galerias por aqui, e são todas uma pertinha da outra. Essa semana eu visitei a National Gallery, que conta com a presença de quadros de pintores famosos, como Van Gogh, Picasso, Rembrandt e Goya. Tem um acervo só de pintores irlandeses, como o dessa foto aí de cima, obra do pintor Nathaniel Hone. Além disso, tem uma área reservada para esculturas, também. É uma galeria bem interessante!

… Daí que eu fui conhecer a Saint Patrick’s Cathedral

Image

St. Patrick’s é um dos padroeiros da Irlanda, e é conhecido mundialmente por causa do St. Patrick’s Day, que vai ser em meados de março. Daí que teve esse passeio pra conhecer a catedral agora! E ela tem uma história muito interessante, cheia de batalhas, que eu não serei hábil o suficiente pra contar pra vocês…

Antigamente era uma catedral católica, mas agora é protestante. É diferente de qualquer outra catedral que eu já visitei no Brasil, praticamente lembra um castelo! Eles conservam muitas coisas desde a época que ela foi construída, há muitos muitos anos atrás, e pra quem gosta de história é um prato cheio! 🙂Image

E eu não faço idéia do propósito dessas coisinhas, mas achei tão fofas! E tem em todas cadeiras. Tão queridinhas…

… Daí que eu cheguei em Dublin.

Image

E aí pessoal, tudo bem? To escrevendo esse blog pra contar pra vocês as principais notícias da minha vida aqui no velho continente! Todo mundo quer saber como está Dublin, como está a Europa, e eu posso definir em uma palavra para todos: frio! Saí de São Paulo sábado de noite, um calorão insuportável, chego em Amsterdam… ta nevando! 2º! Daí já foi o suficiente pra dar um tilt no cérebro.

Eu não sei dizer ao todo quanto tempo eu levei de Porto Alegre até aqui. Foi bastante tempo esperando nos aeroportos (teve escala em Guarulhos e Amsterdam), e ainda todos os vôos atrasaram. Pra mim, acabou sendo uma longa viagem: me vôo deve ter saído perto das 14h30 de Porto Alegre, e cheguei em Dublin umas 17hs do dia seguinte. E em outra estação do ano!

Tudo por aqui é muito bonitinho, mesmo fazendo dias tão nublados. Sabe aquela paisagem européia de filme? Tem aqui! Em todo lugar!! A arquitetura é simplesmente linda. Aqui não é comum nevar, mas chove, dizem, praticamente todo dia. Eu digo “dizem” porque estou aqui há 5 dias e ainda não peguei chuva. Me disseram que é pura sorte, mas é uma sorte extremamente relativa, já que o frio quase me congelou nos primeiros dias…!

As pessoas caminham muito por aqui, ou nós caminhamos pouco no Brasil. Ainda não sei qual é a certa. Acontece que eu faço tudo caminhando, e tudo é razoavelmente perto, é uma cidade bem planejada, ao meu ver (apesar de eu estar morando perto do centro, pois não sei se no restante da cidade também é assim). Ainda não peguei nenhuma condução desde que cheguei aqui! Levo 25 minutos a pé, todo dia de manhã até a minha escola. Isso é praticamente a quantidade que eu caminhava em uma semana no Brasil! Todos os passeios tem sido feitos a pé, o que dá uma boa quantidade de tempo caminhando todo dia. Já aposentei meus saltos, mas mesmo assim, haja pés!! Outra curiosidade é que a cidade é razoavelmente plana, as calçadas são bem direitinhas, a sinalização para os pedestres é bem funcional (tem até escrito no chão “look left” e “look right” pra saber que direção olhar, porque aqui se dirige do lado direito e isso gera um pouco de confusão em quem não ta acostumado). Mas é bem comum, as 8h30 da manhã quando eu saio, ver muitas pessoas nas ruas andando bem depressa, crianças, gente de idade, todo mundo indo pra seu destino relativamente perto. E apesar de ter muitos carros na rua, não é nem perto de uma Assis Brasil da vida!