… Daí que rapadura é doce mas não é mole não!

Image

Foto das últimas aquisições do supermercado.

 

Bem, acontece que eu estou procurando emprego, caminhando em média 4 horas por dia entregando currículos por toda Dublin com amigos, batendo de porta em porta pra trabalhar de qualquer coisa. Mas como não tá fácil pra ninguém, não consegui emprego ainda. Reza a lenda de que é razoavelmente tranquilo conseguir emprego de au pair (babá), e pelo que eu tenho ouvido falar é o que mais dá retorno realmente (eu continuo fazendo bicos de baby sitter, mas apenas quando a família precisa de mim, ou seja, uma ou duas vezes por mês.. e isso não paga as minhas contas!). O maior problema do au pair é que ele possui duas modalidades: live in, ou seja, tu mora com a família. Isso significa ganhar salário (em média 100 euros por semana), não pagar aluguel nem comida, ou seja, praticamente não possuir conta alguma. Mas, por outro lado, também significa ter a privacidade tolhida e, muitas vezes, virar escravinho (ou vai me dizer que tu vai deixar de atender a criança porque não é sua hora de trabalho?). Não é algo que sirva pra mim no momento, até porque acabei de me mudar (falarei sobre isso quando tiver fotos decentes do flat!) e eu estou curtindo viver a minha vidinha em liberdade. Daí temos a outra modalidade: live out. É o mesmo esquema de babá normal, diário, mas você volta pra sua casa no fim do dia. Seria perfeito, se não pagasse tão pouco (em média 150 euros por semana), o que significa que não paga as minhas contas no fim do mês. Existe ainda o childminder, que paga bem mais (de 200 a 250 por semana) e aí sustentaria mais tranquilamente, mas com o detalhe que é muito mais difícil de conseguir (até hoje só vi por indicação). E aí caímos na realidade: vamos bater perna todo dia, porque au pair (ainda) não paga as contas…! Mas, pra ser sincera, job seeker também não.

 

Dublin tem algumas curiosidades interessantes, que eu queria compartilhar com vocês, mas não tenho texto suficiente pra post específico:

… Daí que aqui amanhece antes das 5h e anoitece depois das 22h

É uma loucura. Parece que é sempre dia. Não é à toa que a maioria das pessoas sofre de insônia ou algum mal que atrapalha o sono: está sempre claro! E a “melhor” parte é que você acorda de madrugada com a janela bem clara. É estranhíssimo. A parte boa, claro, é que as vezes é 22hs e eu to andando na rua de dia ainda…!

… Daí que Dublin não vende bebida alcoólica em estabelecimentos após as 22h

E essa é a maior incoerência que eu já vi nessa cidade. Conhecida pelos pubs, pelas cervejas, bebidas em geral, e por muita gente bêbada independente do dia da semana, a cidade simplesmente não vende bebidas após as 22h. Você tem que ir num pub beber, se quiser. Agora, vai comparar o preço do supermercado com o do pub… é absurdo! Portanto, aqui não tem essa de ir de noite comprar nenhuma bebida em loja não. Mesmo as lojas que nunca fecham, a parte das bebidas é trancada. Curiosíssimo.

… Daí que todos os semáforos aqui emitem sons quando o sinal abre para o pedestre

E apesar de ser meio irritante aquele TUTUTUTUUTUTUTUTUTU ininterrupto e em alto e bom som, é super útil para os deficientes visuais. Em Porto Alegre nós temos alguns desses semáforos, mas aqui são literalmente todos! Acaba sendo útil pros intercambistas também, e aí eu falo por experiência própria, pois muitas vezes eu não me antenava se eu podia atravessar ou não, aí eu ouvia o barulho e seguia firme forte e confiante!

… Daí que eu descobri que bergamota é um calmante natural

E não tem mais o que dizer: é isso mesmo! É deliciosa, é docinha, suculenta, barata… E pros dias que nem eu me aguento, é um salvador da pátria. Tem gente que bebe, tem gente que chora, tem gente que toma remédio… eu como bergamotas.

… Daí que a internet aqui chega a 150mb

Isso sim é um tapa na cara do Brasil. A internet é de alta velocidade e, diga-se de passagem, funciona! Nunca tive problemas com ela, salvo o sinal fraco nos lugares onde eu morei (no primeiro residencial o sinal não chegava no meu quarto e no segundo local que morei caía direto pela distância do modem. Agora eu sinceramente não tenho do que reclamar!). Mas é isso: eu possuo uma internet de 20mb, que satisfaz todas necessidades de downloads da minha vida. Ao mesmo tempo, tenho amigos com internet de 150mb que satisfaz todas as necessidades de jogos on line da casa ao mesmo tempo. É um absurdo de internet, só isso que eu tenho pra dizer.

 

E no próximo post, eu juro que conto do meu flat novo: da sua busca à sua realização!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s